Rua Vicente do Rego Monteiro, 170 - Grajaú - São Paulo / SP - (11) 5928-3660

Sintomas e Cuidados das Varizes

As varizes surgem ao longo das pernas e podem causar dor. São desconfortáveis e alteram a aparência das pernas, criando a impressão de que estão inchadas e com as veias levantadas.

Elas surgem devido as veias das pernas que reconduzem o sangue ao coração após ter irrigado os membros inferiores e possuem válvulas cuja finalidade é impedir o retorno do sangue aos pés pela ação da gravidade. Às vezes, essas válvulas não funcionam com eficiência e começam a apresentar dilatação e as válvulas não se fecham mais de forma eficiente. A partir daí o sangue passa a refluir e ficar parado dentro das veias. Isto provoca mais dilatação e mais refluxo. Esta dilatação anormal das veias leva à formação das varizes.

Geralmente as mulheres são as mais afetadas e somente 15% dos homens apresentam varizes nas pernas. Isso ocorre porque um dos principais fatores é a presença da progesterona que causa dilatação da veia e atrapalha o seu funcionamento.

Uma das principais reclamações é a estética, isso porque as veias ficam dilatadas, tortuosas e bem visíveis.  Além disso, outros sinais e sintomas podem estar presentes:

  • presença de veias azuladas e muito visíveis abaixo da pele;
  • agrupamentos de finos vasos avermelhados que alguns pacientes chamam de “pequenos rios e seus afluentes”;
  • queimação nas pernas e planta dos pés;
  • inchação, especialmente nos tornozelos ao final do dia;
  • prurido ou coceira;
  • cansaço ou sensação de fadiga nas pernas;
  • sensação de peso nas pernas;
  • “pernas inquietas”,
  • câimbras.

Para evitar o surgimento das varizes é importante praticar atividade física. Movimentar as pernas e fortalecer os músculos é indispensável para estimular a circulação sanguínea. Mesmo quando se trabalha sentado, é importante a cada 2 a 3 horas, movimentar as pernas para ajudar na circulação do sangue.

Todo cuidado é pouco, ao não serem tratadas as varizes podem contribuir para o surgimento da flebite e até mesmo trombose.

Na próxima semana, falaremos sobre os tratamentos das varizes.